×
Voltar para o Blog

Algoritmo do TikTok: como funciona e o que eu preciso saber?

80 20 Marketing - 30/03/2022
alexander-shatov-I4p0FcjDBJI-unsplash
Algoritmo Tiktok - Agência 80 20 (Fonte: Unplash)

Algoritmo do TikTok: como funciona e o que preciso saber? Inicialmente conhecido como “aplicativo das dancinhas” ou “rede vizinha”, o Tiktok foi a empresa que obteve o crescimento mais rápido do mundo (200%) segundo a Brand Finance, demonstrando desde cedo sua força entre o público online – principalmente os pertences à geração Z. 

Vamos, então, entender mais como funciona o algoritmo da rede social chinesa que conta com mais de 1 bilhão de usuários (segundo relatório da Wallaroo Media), além de descobrir qual a sua relação com o Instagram e traçar previsões para o seu futuro. Para isso, convidamos Leonardo Carlucci (Diretor de Planejamento e Performance da agência 80 20) para emitir algumas opiniões sobre o tema.

Algoritmo do TikTok

O aplicativo possui 2 feeds: na aba “Início”, temos um feed chamado “Seguindo” que mostra os vídeos da pessoas que o usuário segue, e outro chamado “Para você” (For you), onde aparecem indicações de vídeos baseadas em conteúdos você consome.

Mas de que forma o aplicativo faz a seleção destes vídeos? Tudo acontece baseado no algoritmo, que neste caso, funciona da seguinte maneira: o Tiktok começa a selecionar informações assim que o usuário cria sua conta – a partir do momento que escolhe seus interesses – e em seguida, cada vez que interage com vídeos. Segundo um documento interno de trabalhadores, que a New York Times teve acesso, o algoritmo da rede é uma junção de diversos dados, sendo os principais: 

  • as interações do usuário (os gostos, comentários, compartilhamentos);
  • informações contidas nos vídeos (uso de hastags, uso de músicas/dublagens, legendas) ;
  • configurações da sua conta (idioma, localização, interesses);

Sobre isso, Leonardo Carlucci, aponta ainda que uma das métricas mais relevantes é o número de visualizações dos vídeos: “No TikTok o foco não é seguidor, diferente do Instagram, onde o número de seguidores ainda é relevante para balizar a audiência e até engajamento dos perfis, sejam estes de influenciadores, marcas ou pessoas. O foco no TikTok é visualização de vídeo, por isso esse indicador de resultado é primordial para análise de um perfil.’’

Deste modo, esta fórmula de algoritmo contribui para um grande fator que vem se destacando na rede chinesa e fazendo a mesma se diferenciar de outras, a capacidade da entrega orgânica dos conteúdos. Mas como isso acontece na prática? Principalmente devido à facilidade do processo de recomendação que a rede tem, ou seja, quanto mais você contribui para o algoritmo (através das configurações da sua conta, interações, configurações do vídeo), mais facilmente seu conteúdo vai parar na seção “para você” ou na seção “descobrir”, e consequentemente mais chances de você crescer rapidamente.

 

Tiktok X Instagram 

Na briga de dois gigantes – Tiktok e Instagram – quem será que sai ganhando? Bem, depende muito sob que aspecto analisamos. Quando olhamos sob o ponto de vista dos produtores de conteúdo, a primeira diferença que surge é o fato do Tiktok ser exclusivo da produção de vídeos e o Instagram possuir além do vídeos, outros tipos de formatos de conteúdos como: fotos, guias e loja. Outra diferença está nos objetivos que cada rede social tem, um valoriza mais o número de visualizações (Tiktok), e outro mais as interações dos seguidores e qualidade do conteúdo produzido (Instagram).

Leonardo Carlucci adiciona ainda: “No Instagram, o algoritmo tende a entregar mais conteúdo com base nos perfis que a pessoa segue. De um tempo pra cá ele também tem buscado apresentar perfis na área “EXPLORAR” que tenham mais a ver com o comportamento de interação e aos poucos a sugestão de perfis também tem aparecido na timeline.

Tiktok x Instagram - agência 80 20
Vídeo de Reels - agência 80 20

Mas as diferenças não param por aí, o foco que cada rede social tem ao definir seus algoritmos é fundamental. Enquanto a rede chinesa não impõe grandes restrições, valorizando principalmente a quantidade de interações e o uso de hastags e músicas; a rede americana além destas interações valoriza a utilização de todas as ferramentas disponibilizadas pela plataforma e determina uma série de diretrizes na hora de entregar o conteúdo, como a não utilização de certas hastags ou músicas, e a não menção outros aplicativos, dificultando assim a entrega orgânica.

Nem só de diferenças estes aplicativos vivem, vamos falar um pouco sobre as similaridades entre o Tiktok e o Instagram. Ambos permitem a produção de vídeos curtos, a introdução de músicas/áudios e edição destes na própria plataforma. Além disso, valorizam muito a interação entre os seguidores e a quantidade de conteúdo produzido. Assim, fica claro que a batalha ainda é dura entre os dois, e que na dúvida, vale a pena produzir (ou reaproveitar) conteúdos para os dois aplicativos!

O futuro da “rede vizinha’’

Você piscou e nas últimas semanas, o Tiktok andou testando diversos novos formatos e configurações: desde a criação de ‘‘histórias” (talvez inspirado nos famosos Stories do Instagram), disponibilização de ferramentas pagas dentro da plataforma, até a possibilidade de criação de vídeos mais longos (até 10 minutos). E ainda, a empresa dona do Tiktok (ByteDance) noticiou o lançamento um de novo aplicativo inspirado na tendência do Metaverso! Todas essas mudanças nos deixam curiosos para saber o que vem a seguir e o futuro da rede chinesa, que cada dia mais demonstra seu poder no mercado digital.

Para Leonardo Carlucci, os vídeos curtos vieram mesmo para ficar: ‘‘Assim como as pessoas deixaram de ler notícias para só ler títulos e subtítulos de notícias em um portal, nas redes sociais os vídeos mais curtos são consumidos com maior volume e velocidade. Até mesmo o Youtube vem testando o Youtube Shorts lançado em 2021, experimentando e fomentando a produção de vídeos dinâmicos, curtos e facilmente editáveis.’’

É, parece que o futuro vai ter que caber em 15 segundos, ou pelo menos vários vídeos curtinhos. Gostou desse conteúdo? Para acompanhar essas e outras novidades, continue nos acompanhando por aqui!